A Tailândia possui muitas faces.
De longe a mais atraente para mim é a humana, cheia de sorrisos e grandes pessoas.
Alguns podem preferir as praias paradisíacas com água cristalina, e areia branca.
E por que não mencionar a culinária local, uma mistura de ingredientes, desde leite de coco a amendoim, curries, ou os mais diversos tipos de macarrão.


No entanto, alguns turistas têm uma missão especial por lá. Festas, prostituição, drogas, ou qualquer outra coisa que possam imaginar espalham-se por todos os cantos, e infelizmente devo dizer que me envolvi nela durante a minha primeira visita a este país. Se o arrependimento matasse!
A Ilha é conhecida por Phuket, e está localizada na parte sul, dando acesso de barco à belos destinos. O que eu não esperava era um evento chamado ” Ping pong show”.


Homens suspeitos fazem barulhos estranhos com a boca, chamando possíveis clientes para o espetáculo.
Curiosidade batendo na porta, um pouco de negociação, e lá estávamos rumo à casa noturna com uma cerveja barata nas mãos. O lugar era escuro, com uma pista de dança e um chuveiro (???) no meio, luzes extravagantes em alguns pontos, e um público diversificado, de casais na meia idade a famílias e jovens mochileiros.
Mal tivemos tempo para uma adaptação à cena, quando uma moça não muito jovem, usando apenas roupas íntimas entra no palco ao som de uma canção provocante. Antes que a sua imaginação comece a fluir, não! Ela não era bonita, nem sexy! Mas o pior ainda estava por vir, e encontrava-se dentro dela.
Repentinamente ela aproximou as mãos da genitália e tirou de lá alguma coisa. Pela distância não pude identificar o objeto, no entanto, eu sabia que era chocante pelas reações das pessoas. A multidão estava enojada, gritava, virava a cabeça para evitar contato visual. Então eu entendi, ela removeu dois pequenos camundongos, e sim, eles estavam vivos, da sua vagina.
1 minuto de silêncio, por favor!


Não se preocupe, você pode ler as informações acima de novo. Eu mesmo ainda não a compreendo, mas infelizmente o que foi visto, não pode ser desvisto.
Ninguém estava confortável lá, mas não podíamos simplesmente ir embora, e de qualquer forma, o pior já havia passado. Certo?
Ledo engano!
Assim que o Mickey desapareceu, as Tartarugas Ninja deram a cara. É verdade, outra “atriz” apareceu e removeu duas tartarugas inofensivas do seu ambiente inóspito.
Calma, respire, beba um gole da sua cerveja. Tudo é provavelmente um sonho, mas parece não ter fim.
O Zoológico continuou por mais um tempo, com pássaros e peixes aparecendo no ambiente. Alguém me explica porque entrei naquele naquele lugar?


A seguir vários truques e habilidades duvidosas vieram a tona, como colocar água em seus orifícios e retornar um líquido escuro, fumar um cigarro com a força pélvica, remover 5 metros de corda dos seus interiores, segurar uma caneta e desenhar um belo retrato (que eu não faria melhor com minhas mãos). A cerveja estava quase a acabar quando a performática moça passou distribuindo balões para todo mundo. Devíamos inflá-los e segurá-los perto das nossas cabeças. O movimento final estava para começar. A amante do Mickey deitou-se no chão, ajustou um canudo nas suas partes privadas e com uma pressão anormal começou a atirar projéteis, estourando todos os balões.
Desde então, estou a procura de respostas, explicações ou simplesmente métodos para limpar a minha mente.
Se alguém souber como ajudar, não hesite em contactar-me.

This entry was posted in Asia-pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *